Resistência à insulina

Atualizado: há 5 dias


Insulina é um hormônio secretado pelo pâncreas que ajuda a metabolizar os carboidratos, responsável por reduzir a glicemia no organismo, quando há resistência, o organismo não responde aos comandos desse hormônio impedindo que a glicose penetre nas células e com isso ela se acumula no sangue podendo deixar a pessoa pré diabética até chegar ao diagnóstico da tal da diabetes, que pode ser hereditária ou adquirida por maus hábitos de vida o que inclui nosso cardápio de todo dia.
Um problema muito comum entre as mulheres relacionado a essa resistência é a síndrome dos ovários policísticos mas não é uma regra em se tratando de endometriose, porém a resistência à esse hormônio desencadeia uma inflamação sistêmica, a síndrome metabólica, alterações hormonais, disfunções orgânicas, doenças crônicas degenerativas, envelhecimento precoce, câncer e morte, portanto o alerta às portadoras deve ser ligado sim, por ser um fator marcador de inflamação do organismo que tem uma pré disposição a desenvolver doenças de cunho inflamatório como as endometriacas, não é à toa que muitos médicos solicitam um exame chamado CA 19-9 que é um marcador tumoral relacionado ao pâncreas, glândula do sistema endócrino que produz e controla a insulina e o exame aponta o nível de inflamação dessa região, entre outras alterações, por isso a dieta de baixo índice glicêmico conhecida como Low Carb é indicada como forma de tratamento e prevenção pois a resistência à insulina está relacionada também a obesidade, hipertensão arterial, esteatose hepática, neoplasia mamária e intestinal, já ouviram falar de pólipos no intestino né? Pois é…
Exames como glicose, índice HOMA IR e insulina devem ser incluídos no checkup para verificação, glicose acima de 84 merece atenção, não é porque está dentro do parâmetro do laboratório que está tudo bem não e o índice HOMA IR deve-se manter sempre abaixo de 1.5, assim como a insulina abaixo de 10, passou disso? Foca na dieta e na atividade física que é fundamental para ajudar a manter os índices dentro do ideal, assim como a modulação do estresse porque o estresse aumentam esses níveis, afetando o cortisol que está tudo ligado.
Detalhe que a obesidade pode levar a infertilidade pois os óvulos não conseguem atingir a maturação necessária para formar um embrião saudável e o aborto recorrente também pode estar relacionado a essa resistência, além do risco aumentado de eclampsia.
Índice glicêmico diz respeito ao tempo que o alimento leva para ser processado no nosso organismo, alimentos que viram açúcar rapidamente tem alto índice glicêmico e o que demora mais para virar açúcar tem baixo índice glicêmico.
Fibras, proteínas e gorduras boas controlam a velocidade do amido que se transformará em açúcar no corpo.
Bater frutas ou liquidificar vegetais quebram as fibras e aumentam o índice glicêmico desses alimentos.
Alguns chás podem dar uma mãozinha, são eles; sálvia, verde, canela e carqueja, outros aliados como ômega 3, oleaginosas, cacau, linhaça e biomassa de banana verde podem ser incluídos na rotina para dar uma ajudinha.
Mas atenção, não adianta enfiar o pé na jaca na alimentação e depois comer uma castanha achando que está abafando não, tirar de um lado e colocar do outro é o mesmo que pagar academia e frequentar como turista, nesse caso a doença vai ganhar da saúde no placar final, se liga amiga!
A famosa metformina não trata nada, só máscara o problema, já uma boa dieta low carb, jejum intermitente, atividade física e suplementação adequada de picolinato de cromo, magnésio, vanádio, mio inositol, berberina, ácido alfa lipóico, etc agem combatendo a causa do “pepino” que também é um ótimo aliado.

Fica a dica e use de toda informação com muita saúde e sabedoria sempre!

Beijo no coração e abraço no cérebro

Texto Ariane Steffen
16/05/2022

Insulin is a hormone secreted by the pancreas that helps to metabolize carbohydrates, responsible for reducing blood glucose in the body, when there is resistance, the body does not respond to the commands of this hormone, preventing glucose from penetrating the cells and with that it accumulates in the blood and may leave the person pre-diabetic until the diagnosis of diabetes, which can be hereditary or acquired by bad habits of life, which includes our daily menu.
A very common problem among women related to this resistance is polycystic ovary syndrome, but it is not a rule when it comes to endometriosis, but resistance to this hormone triggers systemic inflammation, metabolic syndrome, hormonal changes, organ dysfunctions, diseases degenerative diseases, premature aging, cancer and death, so the alert to carriers must be linked, yes, as it is a marker of inflammation in the body that has a predisposition to develop inflammatory diseases such as endometrial diseases, it is no wonder that many doctors order an exam called CA 19-9, which is a tumor marker related to the pancreas, a gland in the endocrine system that produces and controls insulin, and the exam points out the level of inflammation in this region, among other changes, so the low-index diet known as Low Carb is indicated as a form of treatment and prevention because insulin resistance is also related it's obesity, high blood pressure, hepatic steatosis, breast and intestinal neoplasia, you've heard of polyps in the intestine, right? So it is…
Exams such as glucose, HOMA IR index and insulin must be included in the checkup for verification, glucose above 84 deserves attention, it is not because it is within the laboratory parameter that everything is fine, no and the HOMA IR index must always be kept below 1.5, as well as insulin below 10, passed that? It focuses on diet and physical activity which is critical to help keep the indexes within the ideal, as well as the modulation of stress because stress increases these levels, affecting cortisol which is all linked.
Detail that obesity can lead to infertility because eggs cannot reach the maturation necessary to form a healthy embryo and recurrent abortion can also be related to this resistance, in addition to the increased risk of eclampsia.
Glycemic index refers to the time it takes for food to be processed in our body, foods that turn into sugar quickly have a high glycemic index and what takes longer to turn into sugar has a low glycemic index.
Fiber, protein and good fats control the speed of starch that will turn into sugar in the body.
Blending fruit or blending vegetables breaks down fiber and increases the glycemic index of these foods.
Some teas can lend a hand, they are; sage, green, cinnamon and carqueja, other allies such as omega 3, oilseeds, cocoa, linseed and green banana biomass can be included in the routine to give a little help.
But be careful, it's no use sticking your foot in the jackfruit in food and then eating a nut thinking it's smothering, no, taking it off one side and putting it on the other is the same as paying for a gym and going as a tourist, in which case the disease will win over your health on the final score, connect friend!
The famous metformin does not treat anything, it only masks the problem, a good low carb diet, intermittent fasting, physical activity and adequate supplementation of chromium picolinate, magnesium, vanadium, myo inositol, berberine, alpha lipoic acid, etc. of the “cucumber” which is also a great ally.

Here's the tip and use all the information with good health and wisdom always!

Kiss in the heart and hug in the brain

Tradução Pietra Steffen
06/30/2022
339 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo