Estrogênio X Progesterona / Estrogen X Progesterone

Atualizado: 29 de jan.






Deixando de lado os hormônios sintéticos, como os contidos nos anticoncepcionais, além dos naturais micronizados, alguns alimentos também podem aumentar as quantidades de estrogênio significativamente no nosso organismo, confira a lista dos principais alimentos ricos em estrogênio e ANALISE quais você pode diminuir o consumo na sua dieta para MANTER O EQUILÍBRIO sem excessos e nem ficar com deficiência dele, NÃO É PARA ELIMINAR DO CARDÁPIO, apenas USE COM MODERAÇÃO!

* Soja * Milho * Sementes de linho * Ervilha * Feijão * Centeio * Trevo * Maçã * Erva - doce * Grão - de - Bico * Broto de alfafa * Aipo * Salsa * Beterraba * Brócolis * Couve-flor * Cenoura * Pepino * Cogumelo * Couves - de - Bruxelas * Alga * Abóbora * Semente de abóbora * Semente de girassol * Azeitona * Pera * Ameixa * Tomate * Cevada * Aveia * Arroz branco * Ervilha * Favas * Feijão vermelho * Orégano * Framboesa * Tomilho * Açafrão da índia * Gengibre.

Então, se for o caso de estar com PREDOMINÂNCIA do estrogênio e DEFICIÊNCIA de progesterona, o que é normalmente o caso da maioria das portadoras de endometriose, é preciso MODERAR alguns dos alimentos citados acima.

Os sintomas do desequilíbrio de estrogênio são: alteração de humor, seios inchados e sensíveis, gordura abdominal, falta de memória, queda de cabelo, ciclo irregular e cólicas fortes na menstruação.

Mas atenção, repito, NÃO É PARA EXTERMINAR DA SUA VIDA, aprenda a escutar seu corpo e com isso entender e saber o que ele precisa para estar em equilíbrio.

E aí surge a dúvida, mas e a progesterona, como faz para aumentar sem suplementar?

Então, vamos lá, para as alternativas via alimentação, aumentar a ingestão de vitamina B6 (avelã, castanha, frango cozido, salmão, camarão, bananas, espinafre e batata) e vitamina C (laranja, acerola, goiaba, morango, pimentão e brócolis) pois a ausência dessas vitaminas podem reduzir significativamente a produção de progesterona.

Consumir também, alimentos que contenham zinco, pois esse mineral aumenta indiretamente a progesterona, aumentando os níveis do hormônio folículo - estimulante (FSH), que causa ovulação e estimula os ovários a produzir a progesterona, são eles a carne vermelha, frango, amêndoa e amendoim.

Coma também, alimentos ricos em magnésio ou tome suplementos, são boas fontes de magnésio o espinafre, banana, amêndoas, avelã, alcachofra e aveia.

Controlar o seu nível de estresse também é fundamental, sendo ele, o maior vilão, pois as glândulas suprarrenais produzem um hormônio chamado cortisol que nos picos de estresse aumentam e com isso, impede que a progesterona chegue aos seus receptores.

E por fim, além do inhame que é um alimento que estimula a produção de ambos os hormônios femininos, algumas plantas também podem trazer esse tipo de benefício, entre elas está o Vitex Agnus Castus, que serve para estimular a produção de progesterona e reduzir os níveis de estrogênio, promovendo um equilíbrio no organismo e o Uxi amarelo que pode contribuir para a diminuição dos níveis de estrogênio. Outras plantas que contribuem a equilibrar esse hormônio são, a raiz do dente de leão, o cardo de leite e a bardana, que são muito usadas nas famosas garrafadas, pois ajudam o fígado a quebrar os hormônios para que eles façam seu trabalho no corpo de maneira eficaz.

Mas, lembre - se da importância de procurar um bom nutricionista para auxiliar com qualquer dieta e balancear a alimentação de acordo com suas necessidades individuais e um bom médico, seja nutrólogo ou ortomolecular, para ver se há necessidade de suplementar com hormônios naturais além da alimentação e demais suplementação!

13/10/2017
Ariane Steffen

Leaving side synthetic hormones, such as those contained in contraceptives, in addition to natural micronized hormones, some foods can also increase the amounts of estrogen significantly in our body, check the list of the main estrogen-rich foods and ANALISE which you can decrease consumption in your diet to MAINTAIN THE BALANCE without excess and not to reach deficiency of it, IT IS NOT TO ELIMINATE FROM THE MENU, just USE IN MODERATION!

*Soy * Corn * Flax seeds * Pea * Rye * Clover * Apple * Fennel * Chickpeas * Alfafa sprouts * Celery * Parsley * Beetroot * Broccoli * Cauliflower * Carrot * Cucumber * Mushroom * Brussels sprouts * seaweed * pumpkin * pumpkin seed * sunflower seed * olive * pear * plum * tomato * barley * oats * white rice * peas * broad beans * red beans * oregano * raspberry * thyme * saffron * Ginger.

So, if you have estrogen PREDOMINANCE and progesterone DEFICIENCY, which is usually the case for most endometriosis patients, you need to MODERATE some of the foods mentioned above.

The symptoms of estrogen imbalance are: mood swings, swollen and tender breasts, abdominal fat, lack of memory, hair loss, irregular cycle and severe menstrual cramps.

But pay attention, I repeat, ITS NOT TO EXTERMINE FROME YOUR LIFE, learn to listen to your body and understand what is needs to be in balance.

And then the question raises, but what about progesterone, how do you increase without supplementation?

So, let´s go, for alternatives via food, increase your intake of vitamin B6 (hazelnut, chestnut, cooked chicken, salmon, shrimp, bananas, spinach and potatoes) and vitamin C (orange, acerola, guava, strawberry, peppers and broccoli) as the absence of these vitamins can significantly reduce progesterone production.

Also consume foods containing zinc, as this mineral indirectly increases progesterone, increasing the levels of follicle stimulating hormone (FSH), which causes ovulation and stimulates the ovaries to produce progesterone, they are red meat, chicken, almonds and peanut.

Also eat foods rich in magnesium or take supplements, good sources of magnesium are spinach, bananas, almonds, hazelnuts, artichokes and oats.

Controlling your stress level is also essential, as he is the biggest villain, as the adrenal glands produce a hormone called cortisol that increases in peak stress and thus prevents progesterone from reaching its receptors.

And finally, in addition to the yam that is a food that stimulates the production of both female hormones, some plants can also bring this type of benefit, among them is Vitex Agnus Castus, which serves to stimulate the production of progesterone and reduce estrogen levels, promoting a balance in the body and the yellow Uxi which can contribute to the decrease of estrogen levels. Other plants that contribute to balance this hormone are, the dandelion root, milk thistle and burdock, which are widely used in the famous bottles, as they help the liver to break down the hormones so that they do their work in the body of effective way.

But, remember the importance of looking for a good nutritionist to help with any diet and balance the food according to your individual needs and a good doctor, whether a nutritionist or orthomolecular, to see if there is a need to supplement with natural hormones in addition to food and other supplementation!

Tradução Pietra Steffen
04/20/2020
133 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo