Cortisol / Cortisol

Atualizado: 29 de jan.






Quando se fala em mudanças no estilo de vida para promover saúde, miramos logo no que é visível como a dieta e a atividade física, mas e o que diz respeito as emoções, fica de lado só porque não é palpável?

Nossos sentimentos são capazes de alterar os principais hormônios do nosso organismo, que funcionam como uma engrenagem sabia? Afeta um que consequentemente cedo ou tarde acaba afetando todos os outros cujo carrinho anda pelo mesmo trilho.

Então vamos conhecer o cortisol que é um hormônio produzido logo acima dos rins, nas glândulas supra renais, sua função é contribuir com o bom funcionamento do nosso sistema imunológico e manter os níveis de açúcar no sangue constantes, além de reduzir inflamações e está diretamente ligado à resposta do estresse.

E o que isso tem a ver com a endometriose? Tudo, pois a alta do cortisol compete com os receptores de progesterona diminuindo-a e possibilitando a predominância estrogênica que alimenta a doença, também estimula a enzima aromatase que aumenta a conversão de testosterona em estradiol e abala T3, TSH afetando a tiroide e por aí vai...resultando na deficiência imunológica que acaba acarretando a disbiose, distensão abdominal e no final o engavetamento traz um grande prejuízo. Olha só, o que causa o medo por exemplo: Medo -> Aumenta cortisol -> Diminui a acidez estomacal -> Alimento não vai para o duodeno -> Volta para o esôfago à Indigestão -> Azia à Refluxo -> Gastrite nervosa. Era exatamente o que eu tinha, percebe o quanto a emoção é capaz de se materializar no corpo físico?

O Dr. Juan Hitzig após estudos, concluiu que cada pensamento gera uma emoção e cada emoção mobiliza um circuito hormonal que terá impacto nas trilhões de células que formam um organismo e explica que sentimentos de condutas "R" como: Ressentimento, Raiva, Rancor, Repressão, Resistências, facilitam a secreção de CORTISOL, um hormônio corrosivo para as células, que acelera o envelhecimento e adoece, essas mesmas condutas "R" que geram atitudes "D" que são: Depressão, Dor, Despeito, Desanimo, Desespero, Desolação.
Células que se alimentam de Condutas “R” tem atitudes “D” que resulta em um sangue ruim pelo excesso de cortisol que deixa qualquer organismo suscetível a doenças da pior espécie que deterioram a saúde.

Sem contar a culpa, angústia, enfim...
Então, agora sabendo que a alta do cortisol pode ser decorrente também de exercícios físicos intensos, sono irregular, estresse, infecções ou inflamações, consumo de bebidas alcoólicas, café, excesso de açúcar, tabagismo, uso excessivo de corticoides, o que fazer para baixar e controlar? O caminho inverso, oposto e contrário, simples assim.

14/12/2019
Ariane Steffen

When it comes to lifestyle changes to promote health, we immediately look at what is visible such as diet and physical activity, but what about emotions, do you miss out just because it is not palpable?

Our feelings are able to change the main hormones in our body, which work like a gear, did you know? It affects one that consequently sooner or later ends up affecting all the others whose cart rides on the same track.

So, let's get to know cortisol, which is a hormone produced just above the kidneys, in the adrenal glands, its function is to contribute to the proper functioning of our immune system and keep blood sugar levels constant, in addition to reducing inflammation and is directly linked to the stress response.

And what does this have to do with endometriosis? All because the rise in cortisol competes with progesterone receptors, decreasing it and enabling the estrogen predominance that feeds the disease, it also stimulates the aromatase enzyme that increases the conversion of testosterone to estradiol and affects T3, TSH affecting the thyroid and so on. it goes ... resulting in the immune deficiency that ends up causing dysbiosis, abdominal distension and in the end the pileup brings a great loss. Look, what causes fear for example: Fear -> Increases cortisol -> Decreases stomach acid -> Food does not go to the duodenum Around the esophagus -> Indigestion to Heartburn -> Reflux -> nervous Gastritis. It was exactly what I had; do you realize how much emotion is capable of materializing in the physical body?

Dr. Juan Hitzig after studies, concluded that each thought generates an emotion and each emotion mobilizes a hormonal circuit that will impact the trillions of cells that form an organism and explains that feelings of "R" behaviors such as: Resentment, Anger, Rancor, Repression, Resistances, facilitate the secretion of CORTISOL, a corrosive hormone for cells, which accelerates aging and sickness, those same "R" conducts that generate "D" attitudes which are: Depression, Pain, Spite, Despondency, Despair, Desolation.

Cells that feed on “R” ducts have “D” attitudes that result in bad blood due to excess cortisol that leaves any organism susceptible to diseases of the worst kind that deteriorate health.

Not to mention the guilt, anguish, anyway ...

So, now knowing that the rise in cortisol may also be due to intense physical exercise, irregular sleep, stress, infections or inflammations, consumption of alcoholic beverages, coffee, excess sugar, smoking, excessive use of corticosteroids, what to do to lower and control? The opposite, opposite and opposite way, as simple as that.

Traduzido por Pietra Steffen
04/28/2020
96 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo